Peão de rodeio de Altair-SP morre após ser pisoteado por touro nos EUA

Peão de rodeio de Altair-SP morre após ser pisoteado por touro nos EUA

Morreu neste domingo,29, o peão de rodeio Amadeu Campos, de 23 anos, após ser pisoteado por um touro durante uma montaria em Fresno, EUA.

O brasileiro Amadeu Campos, de Altair-SP, estava disputando a etapa da PBR Pendleton Whisky, Velocity Tour na Save Mart Center, em Fresno, California, EUA. Durante a montaria, Amadeu ficou preso no sedém e foi pisoteado por um touro. O peão brasileiro foi socorrido e encaminhado ao Centro Médico Regional Comunitário em Fresno mas, infelizmente, não resistiu aos ferimentos.

O CEO da PBR, Sean Gleason anunciou a notícia no Twitter. “Hoje cedo, o jovem cavaleiro brasileiro Amadeu Campos Silva se envolveu em um terrível naufrágio no evento Velocity Tour em Fresno”, diz o post. “Ele foi transportado para o Centro Médico Regional Comunitário em Fresno, Califórnia, onde faleceu. Nosso coração se parte pela família e amigos de Amadeu. ”

Na foto que Gleason compartilhou, a declaração da PBR dizia: “É com o coração extremamente pesado que informamos que Amadeu Campos Silva faleceu no Community Regional Medical Center em Fresno, Califórnia”.



Amadeu fez uma ótima carreira no Brasil antes de ir aos Estados Unidos. Em 2019, ele foi vice-campeão na final brasileira. No ano passado, Campos Silva cumpriu um de seus maiores objetivos participando das Finais Mundiais da PBR. Já nesta temporada, ele estava trabalhando para subir na classificação.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Publicidade