Testes para o elenco da websérie Turma do Peãozinho acontecem neste sábado e domingo em Barretos

Testes para o elenco da websérie Turma do Peãozinho acontecem neste sábado e domingo em Barretos

Desenvolvida a partir de recursos da Lei Aldir Blanc, a série Turma do Peãozinho, que será disponibilizada nas redes sociais, realiza neste próximo sábado e domingo, dias 9 e 10 de janeiro, testes para a escolha do elenco. As gravações estão previstas para começarem no final de fevereiro.

Para participar do casting, os interessados devem se enquadrar no perfil dos personagens e enviar um vídeo se apresentando (nome, idade, profissão, se tem ou não experiência com atuação, cidade, altura etc.), para o WhatsApp (17) 99150-8621. Os pré-aprovados recebem o texto para ser decorado e são informados do horário e local para o teste.

Nesta temporada, 10 personagens irão se aventurar em meio a assombrações do Folclore Brasileiro retratando a cultura caipira e sertaneja da cidade de Barretos: Tavinho – o menino peãozinho (7 a 10 anos); Dri – (6 a 9 anos); Vô Bertino (cerca de 50 anos); Vartim – o Super Cowboy (maior de 18 anos e com o corpo definido); Hugo (16 a 19 anos); Saci (maior de 18 anos); Lôbi – o lobisomem atrapalhado (cerca de 30 anos); Espantalho (o ator já está definido); Cocó (será um boneco); e a sereia Iara (de 15 a 19 anos).

Em 15 episódios (e não mais 20), por meio do Facebook, Instagram e YouTube, veremos o menino Tavinho, que tem o apelido de Peãozinho por viver competindo em Rodeios de Carneiros, se aventurar na mata no meio de sacizinhos com seu bicho de estimação, o esperto e inteligente pintinho Cocó, e depois ter de salvar sua irmãzinha Dri que fora sequestrada pelo atrapalhado Lôbi, um lobisomem que vive na parte mal assombrada da mata. Para libertar a pequena, Lôbi exige que Peãozinho lhe traga um fio de cabelo da sereia Iara que vive no ribeirão próximo ao rancho em que vive em Barretos. A história é uma livre adaptação de “O Saci”, de Monteiro Lobato.

Todas as medidas de segurança para o não-contágio do novo coronavírus serão tomadas durante as reuniões, ensaios e gravações.

A websérie será escrita pelo criador da série, Milton Figueiredo, e contará com direção de Cláudia Ávila e direção fotográfica de Racil Júnior, e supervisão da Secretaria de Cultura.

Além da série, nas redes sociais, haverá ilustrações dos personagens feitos por Ursula Araújo.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Publicidade