Responsive Ad Slot

Main Ad

Coronavírus reduz expectativas do comércio de SP em mais de 20%

Índice IFECAP, que mede confiança dos empresários do Estado, sofreu contração de 21,6% em março, chegando a 101,9 pontos. É a pior marca da série histórica desde dezembro de 2017.

26 de março de 2020

/ por Redação
Coronavírus reduz expectativas do comércio de SP em mais de 20%

A confiança dos empresários do comércio de São Paulo despencou 21,6% em março. O dado é do Índice IFECAP, que mede mensalmente o humor dos donos de estabelecimentos. A pesquisa, realizada por telefone, que ouviu donos de estabelecimento de todas as regiões do Estado, registrou queda em todos os indicadores e chegou a 101,9 pontos. Na comparação com março de 2019, o IFECAP registrou queda de 21,7%. Na comparação com o mês de fevereiro de 2020, a redução é de 21,6%.

O Índice Futuro, que registra as expectativas para os próximos três meses, foi o indicador que apresentou a queda mais acentuada, de 36,2%, desfazendo qualquer otimismo anterior. O índice, no mês de março, ficou em 100,26 pontos, menor marca desde junho de 2016. Na comparação com o ano anterior a redução foi de 35,3%.

As expectativas em relação às vendas futuras, medidas pelo Índice Futuro - Vendas, sofreu contração de 37,4%; o índice chegou a 99,68 pontos, na fronteira em direção ao pessimismo técnico.

O Índice Momento Atual dos Negócios registrou redução de 7,6% em relação a fevereiro, repercutindo parte do recuo das vendas nos últimos dias da pesquisa. Na comparação com o mesmo período de 2019, a percepção dos empresários do comércio, medido pelo Índice Momento Atual dos Negócios, diminuiu em 9,1%

Os indicadores Momento Atual - Situação dos Negócios, Momento Atual - Encomendas e Momento Atual - Vendas apontaram uma queda de 9,4%, 4,7% e 8,5%, respectivamente.

ENTENDA O ÍNDICE IFECAP

O IFECAP ─ Índice FECAP de Expectativa nos Negócios ─ é realizado há mais de 12 anos e consiste num indicador baseado em metodologia largamente utilizada por diversos países. A coleta de dados avalia mensalmente a situação atual das empresas do comércio varejista, com informações sobre o desempenho atual das vendas e das encomendas. O índice avalia ainda informações sobre as expectativas dos empresários quanto às vendas e encomendas para os próximos três meses. A pesquisa é realizada sempre na semana do dia 15 do mês corrente, captando a percepção do empresário em relação às micro, pequenas, médias e grandes empresas.

O IFECAP divide-se em três indicadores:

• Índice Momento Atual: corresponde às respostas dos empresários sobre suas encomendas atuais a seus fornecedores; a evolução das vendas no período atual; e a avaliação da situação geral dos negócios;

• Índice Futuro: calculado com base nas expectativas dos empresários em relação às suas vendas e encomendas em um horizonte temporal de 3 meses;

• Índice Geral: é o indicador composto da agregação dos dois índices descritos acima.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2020
feito com por JM