Main Ad

Instituto PROA lança Sistema de Ensino "Jovens a Bordo do Futuro" que prepara jovens para os desafios da vida pós Ensino Médio

Instituto PROA lança Sistema de Ensino "Jovens a Bordo do Futuro" que prepara jovens para os desafios da vida pós Ensino Médio

O Instituto PROA, uma ONG que acredita e tem o compromisso de criar oportunidades reais de desenvolvimento e empregabilidade para jovens de baixa renda, após 13 anos de atuação desenvolvendo projetos voltados a formação e empregabilidade de jovens de baixa renda, acaba de lançar seu novo projeto, o sistema de ensino "Jovens a Bordo do Futuro". O objetivo do projeto é expandir a metodologia PROA de formação comportamental voltada ao mercado de trabalho para jovens do Brasil inteiro, de maneira aberta, criando oportunidades de transformarem suas vidas e se preparem de forma consistente para o mercado produtivo através do desenvolvimento das competências socioemocionais e construção de projetos de vida efetivos, conectados com a sua realidade.

O projeto é composto por materiais didáticos para professores e alunos, formação e acompanhamento de professores e indicadores de sucesso, abordando temas como Projeto de Vida, Comunicação, Raciocínio Lógico e Vivências. Um sistema completo, visando efetivamente preparar os jovens para os desafios reais da vida após o Ensino Médio.

"Nosso sentimento é de puro entusiasmo. Todo nosso esforço e dedicação é para que o jovem saia do Ensino Médio preparado para encarar o mercado de trabalho e os processos de recrutamento e seleção que são cada vez mais competitivos. Acreditamos que quanto mais cedo esse jovem tenha contato com habilidades que ainda não foram desenvolvidas ou que precisam ser aprimoradas, mais chances eles terão de serem bem-sucedidos profissionalmente, independentemente do que eles queiram fazer. O mundo muda cada vez mais rápido, precisamos formar nossos jovens para os desafios reais da vida prática, para que possam se desenvolver e aprender a aprender, independente dos desafios que irão traçar em suas vidas", afirma Rodrigo Dib, diretor executivo do Instituto PROA.

O projeto já nasce alinhado com a nova Base Comum Curricular e com o Movimento Inova, lançado em 2019 pelo Governo do Estado de São Paulo.

Em um momento em que se discute muito a falta de conexão da escola com o mundo real; as novas tecnologias; e, o enorme desemprego jovem, o projeto procura apoiar de forma efetiva escolas, professores, ONGs e redes de educação para vencerem este desafio e aproximarem cada vez mais os jovens do futuro que eles sonham.

"Tudo no sistema ‘Jovens a Bordo do Futuro’ foi idealizado pensando no jovem e na conexão do que ele irá aprender com a sua vida, com o seu dia a dia. O adolescente de hoje está conectado, tem acesso à informação, pensa de forma multidisciplinar e precisamos acompanhar isso. Desde o visual dos materiais didáticos aos modelos formativos e acompanhamentos, tudo foi elaborado de forma a aproximar o aluno do professor e conseguir fazer do ambiente de sala de aula um local de troca, de colaboração e desenvolvimento real", pontua Rodrigo Dib.

O projeto inicia suas atividades por meio de uma parceria inovadora entre o PROA, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e o Centro Paula Souza, em que, gratuitamente, o PROA formará mais de 150 professores, fornecerá material didático para mais de 2.000 jovens e acompanhará o projeto e seus indicadores. Os cursos que terão a disciplina Projeto de Vida são: Auxiliar de Logística, Técnicas de Vendas, Práticas de Gestão de Pessoas e Gestão de Pequenos Negócios.

Além disso, 1.500 jovens dos 3ºs anos do Ensino Médio da rede estadual de ensino do Estado de São Paulo e 650 alunos do Instituto PROA também participarão do projeto - impactando o total de 4.150 jovens em seu primeiro ano de atuação.

A ambição do projeto é grande, o PROA pretende atender mais de 400.000 jovens nos próximos anos, bem como está construindo um modelo que visa não apenas formar, mas acompanhar o futuro de cada jovem que passar pelo projeto.

"Todo mundo é capaz de alcançar os seus objetivos, mas a gente só pode fazer escolhas boas em nossa vida se antes conhecermos todas as possibilidades. O jovem que ingressa no PROA chega muito desacreditado dele mesmo. Ele acredita que o destino está fadado na condição sociocultural que nasceu. Nós mostramos que não é assim, que todo mundo com esforço, dedicação e oportunidade pode conquistar tudo que quiser.", conclui Dib.

Sobre o PROA

O Instituto PROA é uma organização sem fins lucrativos que tem o compromisso de criar oportunidades reais e efetivas de desenvolvimento e produtividade para jovens de baixa renda. Fundado em 2007, o Instituto PROA é financiado pela iniciativa privada e já preparou para o mercado de trabalho mais de 5 mil jovens e continua acompanhando suas trajetórias. Dos seus formados no último semestre, mais de 90% ingressaram no mercado de trabalho e mais de 56% continuaram seus estudos após o Ensino Médio.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Main Ad
Main Ad