Responsive Ad Slot

Main Ad

Filhotes que estavam em canil clandestino foram achados 'guardados' em gavetas

Animais foram levados para o Centro de Zoonoses em São José do Rio Preto (SP) e serão colocados para adoção. (G1)

20 de fevereiro de 2020

/ por Redação
Filhotes que estavam em canil clandestino foram achados 'guardados' em gavetas

Dos 66 cães apreendidos pela polícia em um canil clandestino, em São José do Rio Preto (SP), seis deles eram filhotes da raça shih tzu e foram achados em gavetas, segundo a Polícia Ambiental.

“Seis filhotes foram encontrados no local e foi constatado o comércio de animais. Foi adaptado uma gaveta, um compartimento para manutenção dos animais pequenos. Além disso chamou a atenção a quantidade de cães em todos os cômodos”, afirma o tenente da Polícia Ambiental Emerson Mioransi.

Os animais foram encontrados na manhã de quarta-feira (19) em uma casa que fica em um condomínio fechado na zona leste de Rio Preto, o Parque da Liberdade II.

A polícia conseguiu entrar no local após um mandado judicial. O oficial de Justiça chegou acompanhado de policiais militares, ambientais e de integrantes do Departamento do Bem Estar Animal.

Filhotes que estavam em canil clandestino foram achados 'guardados' em gavetas

Os cães estavam espalhados por todos os cômodos. Além da quantidade, o que chamou a atenção foram as condições que os animais eram mantidos: espaço pequeno, falta de higiene, mau cheiro e até parasitas nos cachorros.

Eles foram recolhidos e levados para o Centro de Controle de Zoonoses. A dona da casa foi multada pela Polícia Ambiental em R$ 198 mil e responderá em liberdade pelo crime de maus-tratos contra animais domésticos.

Existem leis municipais e federais determinam como um canil deve ser. Em Rio Preto, por exemplo, nenhuma casa pode ter mais de 10 animais. Os compradores devem se certificar de que o criador está regularizado. Para isso, é preciso procurar o registro dele no Conselho de Medicina Veterinária.

"Locais assim produz apenas filhotes semelhantes com a raça desejada. Não há garantias que haverá um padrão da raça. Então, você pode estar adquirindo um animal que vai ter problemas de saúde por ter cruzado de forma irregular", afirma Mauro Freitas, fiscal do Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Como os animais estavam debilitados, todos vão ser acompanhados por veterinários. Uma escola de banho e tosa acolheu 20 cães para limpá-los. Depois que todos passarem por banho e tosa, eles serão encaminhados para uma ONG, que será responsável pela adoção dos animais.

Na noite de quarta-feira, a Guarda Civil Municipal (GCM) montou um esquema para intensificar a ronda no local com intuito de proteger os cachorros contra qualquer tipo de furto. Os animais ainda não estão disponíveis para a adoção.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2020
feito com por JM