Responsive Ad Slot

Main Ad
Coronavírus

Catanduva qualifica 2,3 mil pessoas em cursos de capacitação

Com o mercado de trabalho cada vez mais exigente, quem tem especialização sai na frente na disputa por vagas. De olho na demanda, a Prefeitura de Catanduva tem promovido ações contínuas de capacitação de mão de obra. Só neste ano, mais de 2,3 mil pessoas obtiveram os diplomas nos cursos profissionalizantes oferecidos.

3 de janeiro de 2020

/ por Redação
Catanduva qualifica 2,3 mil pessoas em cursos de capacitação

Com o mercado de trabalho cada vez mais exigente, quem tem especialização sai na frente na disputa por vagas. De olho na demanda, a Prefeitura de Catanduva tem promovido ações contínuas de capacitação de mão de obra. Só neste ano, mais de 2,3 mil pessoas obtiveram os diplomas nos cursos profissionalizantes oferecidos.

Dentre as oportunidades que atenderam a demanda, foram ofertadas vagas em cursos de culinária, beleza, construção civil, mecânica, auxiliar administrativo e corte e costura. A definição da grade também levou em conta a procura e o ramo em evidência no mercado, visando alternativas para a geração de renda e emprego.

Em 2019, as parcerias consolidadas pela Prefeitura foram fundamentais na diversificação e qualidade dos conteúdos ofertados. Nesse quesito, a administração municipal tem atuação bem sucedida junto ao Sesi, em cursos de curta duração.

Ainda este ano, Catanduva recebeu a unidade móvel “Vida Saudável”. Também foram polos de ensino-aprendizagem as instalações do Caic Jovem, da Cozinha Piloto e os quatro Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade.

Outros parceiros foram o Senac, Instituto Federal, ETEC Elias Nechar e IMES.

Neste ano

Para 2020, a Semdert (Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Relação de Trabalho), que direciona a maior parte das contratações/parcerias, estuda nova grade. Os projetos e negociações para futuras iniciativas prometem manter a mesma proporção e alcance à população que busca novos conhecimentos. Por sua vez, a Secretaria de Assistência Social deve mudar a forma de atuação nos territórios e, além de cursos de qualificação, envolver os moradores em oficinas manuais.

A expectativa fica por conta do início das atividades da escola do Senai de Catanduva, em janeiro, cuja implantação foi intermediada pela Prefeitura. De início, estão confirmados os cursos de aprendizagem industrial de Eletricista Industrial e de Mecânico de Manutenção de Máquinas Agrícolas e Veículos Pesados.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2020
feito com por JM