Responsive Ad Slot

Main Ad

Marido ameaça matar a mulher com facão e acaba preso em Cajobi

Na cidade de Cajobi, também no domingo, 04, por volta das 19h18, policiais militares foram até a Estrada Municipal entre Cajobi e Embauba onde estaria ocorrendo uma ameaça e violência doméstica.

6 de agosto de 2019

/ por Redação
Marido ameaça matar a mulher com facão e acaba preso em Cajobi

Na cidade de Cajobi, também no domingo, 04, por volta das 19h18, policiais militares foram até a Estrada Municipal entre Cajobi e Embauba onde estaria ocorrendo uma ameaça e violência doméstica.

Lá, em contato com a vítima, E.F.S., 47 anos, moradora do bairro Dorival Sandrini, Cajobi, ela contou aos policiais que é casada com A. B. W. D., aposentado, 57 anos, e que ela estava em casa fazendo janta quando o marido chegou, embriagado, e começou a se desentender com ela.

De repente, contou a vítima, ele passou a ameaçá-lá com um facão, dizendo que iria matá-la, momento em que ela se trancou num quarto para se proteger e avisou a sua filha por telefone.

Que, quando sua filha chegou no local, ele já tinha escondido o facão, e pegou um cabo de vassoura para ameaçar agora a filha dela.

Com a chegada da PM no local os policiais localizaram o facão escondido nas plantas, próximo ao muro. E ao encontrarem A. B. W. deram voz de prisão ao mesmo que foi "convidado" a acompanhar os policiais até a delegacia da cidade de Olímpia.

A VERSÃO DO MARIDO

Que ele saiu da casa a tarde para tomar uma cervejinha e ao retornar para casa sua esposa começou a xingá-lo e ainda falou alguma coisa que ele não gostou. Que ela se trancou no quarto e chamou a filha dela que ao chegar também se desentendeu com ele. Que ele não ameaçou ninguém em momento nenhum.

Partes, juntamente com o facão, foram conduzidas à central de flagrantes em Olimpia, e lá apresentadas ao delegado de plantão, Marcelo Pupo de Paula, que ratificou a prisão em flagrante de A. B. W. embasado no artigo 147 em contexto com a lei 11340/2006.

Mas como determina a Lei, o delegado arbitrou uma fiança no valor de R$ 1 mil reais, a qual não foi paga e A. B. W. foi recolhido à cadeia onde ficou preso e à disposição da Justiça.

A arma usada para ameaçar matar as vítimas, o facão, foi apreendida e fará parte do inquérito policial.

As vítimas, mãe e filha foram apenas ouvidas e liberadas em seguida.

Olímpia 24 Horas

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2019
feito com por Jean Morelli