Responsive Ad Slot

Main Ad

Operação Luz na Infância 4: Uma pessoa é presa em Catanduva

A “Operação Luz na Infância 4”, que foi realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) em todo o país, teve ação de prisão em Catanduva.

29 de março de 2019

/ por Jean Morelli
Operação Luz na Infância 4: Uma pessoa é presa em Catanduva

A “Operação Luz na Infância 4”, que foi realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSP) em todo o país, teve ação de prisão em Catanduva.

Um morador do Parque Glória foi autuado em flagrante na sede da DIG - Delegacia de Investigações Gerais - por armazenar vídeos e fotos contendo exploração sexual infantil no cartão de memória no celular. “Os arquivos haviam sido deletados, mas os policiais conseguiram recuperar pouco mais de 8 Gb, dentre vídeos e fotos ilegais”, segundo a polícia.

No total do estado, foram cumpridos 92 mandados de busca e apreensão em todo território paulista. A força-tarefa envolveu policiais civis do Distrito Federal e de 26 estados. Até as 4 da tarde de ontem (28/03), 137 pessoas tinham sido presas no país.

O delegado da DIG Hélvio Roberto Bolzani explicou que a operação tem o objetivo de reprimir crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, praticados na internet.

Policiais civis da DIG de Catanduva coordenados por Bolzani cumpriram dois mandados de busca e apreensão nos bairros Jardim Sales e Parque Glória II, sendo apreendidos notebooks, celulares, câmeras fotográficas, pen drives, cartões de memória e um Playstation III. “Uma vez que havia indícios de que eles estavam sendo usados para armazenamento de arquivos contendo vídeos e fotos de pedofilia. Um dos alvos, cuja identidade não foi divulgada, foi abordado dentro da sala de aula na USP, Cidade Universitária em São Paulo. No notebook que ele mantinha em sua residência, também no Bairro Butantã, foram encontrados diversos arquivos de foto e vídeo com conteúdo ilegal”, informou Bolzani.

Uma fiança no valor de R$ 5 mil foi estipulada, mas como não foi paga, o suspeito foi encaminhado a Cadeia Pública de Catanduva.

O Regional

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2019
feito com por Jean Morelli