Responsive Ad Slot

Main Ad

Em média, 2018 registrou 60 multas de trânsito por dia em Catanduva

Por O Regional | O número é resultado de soma de multas que foram aplicadas pelos Agentes Fiscalizadores de Trânsito (AFTs), Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar.

6 de fevereiro de 2019

/ por Redação
Em média, 2018 registrou 60 multas de trânsito por dia em Catanduva

Por dia, em média, foram multas de trânsito em Catanduva no ano passado. O balanço de O Regional leva em consideração dados divulgados ontem (dia 5) pela Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STU), após questionamento. De janeiro a dezembro de 2018 foram 21.848 autuações.

O número é resultado de soma de multas que foram aplicadas pelos Agentes Fiscalizadores de Trânsito (AFTs), Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar. Entre as principais infrações estão “dirigir veículo utilizando-se de telefone celular" e "estacionar em desacordo com a regulamentação”.

O resultado de 2018 é 15% maior do que o de 2017, quando foram 18.933 multas aplicadas pela GCM, AFTs e PM. Ou seja, foram 2.915 autuações a mais de um ano para outro.

MULTAS POR UTILIZAÇÃO DE CELULAR

Apenas nos primeiros sete meses de 2018, o número de multas aplicadas a quem usa o celular enquanto dirige já era 33% maior do que em todo o ano anterior. Os dados são do Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renainf), mantido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

De janeiro a julho, segundo o órgão, esse tipo de infração resultou na aplicação de 759,7 mil multas em todo o país. Ao longo de 2017, as multas impostas pelo uso de celular ao volante somaram um total de 571,6 mil.

Classificada como “gravíssima” pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a infração por uso de celular ao volante pesa no bolso gera sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A multa pode ainda ser combinada com outro tipo de infração, a condução de veículo sem as duas mãos ao voltante, que rende mais cinco pontos. Como se sabe, o acúmulo de 20 pontos ou mais, em um período de até 12 meses, implica na suspensão da CNH. Mesmo com o carro parado no semáforo ou no engarrafamento, o manuseio de aparelhos eletrônicos continua sendo infração passível de multa.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2019
feito com por Jean Morelli