Responsive Ad Slot

Main Ad

Casos de dengue em Catanduva triplicam em relação ao ano passado

Vila Lunardelli tem grande número de casos, mas diversos bairros tem pessoas com a doença.

20 de fevereiro de 2019

/ por Jean Morelli
Casos de dengue em Catanduva triplicam em relação ao ano passado

Saúde em alerta: a quantidade de casos confirmados de dengue triplicou em Catanduva no começo deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, 36 exames deram resultado positivo de janeiro até agora. Nos dois primeiros meses de 2018, foram 12.

A preocupação também está relacionada ao volume de casos suspeitos da doença, já que 44 exames estão em investigação.

O mapa da dengue aponta para maior concentração de casos positivos na Vila Lunardelli. Nos últimos dias, sete diagnósticos foram confirmados em moradores do bairro. Outros
casos relacionados à Lunardelli estão em investigação. Conforme cenário epidemiológico do bairro, há possibilidade de mais resultados positivos.

Diante da situação, a EMCAa (Equipe Municipal de Combate ao Aedes) está com atenções voltadas para essa região da cidade. Além de bloqueios, pontos estratégicos já foram alvos de dedetização.

Porém, não só a Vila Lunardelli tem registros de dengue. De acordo com o mapa da dengue, há casos da doença espalhados por toda cidade. A secretaria de saúde diz aguardar as próximas semanas, com a liberação de mais resultados de exames, para ver como essa situação vai se comportar.

Os sintomas iniciais da doença são febre acompanhada de dor de cabeça, dor atrás do olho, dor no corpo e dor abdominal. A secretaria orienta que, ao início de combinação de sintomas, seja procurado atendimento médico em uma unidade de saúde.

Importante lembrar que o mosquito Aedes Aegypt transmite não só a dengue, como a zika, a chikunguya, e a febre amarela. Então, todo cuidado com relação a lugares que podem servir de criadouro para o mosquito, é pouco. A combinação de água e calor, exatamente
como temos visto com as chuvas nos últimos dias, é um prato cheio para desenvolvimento do mosquito. Olho vivo no quintal de casa, converse com o vizinho, observe lugares públicos. Eliminar os potenciais criadouros do mosquito é a melhor maneira de prevenir a dengue.

A vistoria de locais pode ser agendada e denúncias podem ser feitas pelo Disque-Dengue 3521-4087.

VOX

Nenhum comentário

Postar um comentário

Leia Também
© todos os direitos reservados | Blog Cajobi 2011 - 2019
feito com por Jean Morelli