Cajobi

[Cajobi][list]

Polícia

[Polícia][twocolumns]

Morto a paulada em Cajobi: Delegado pede revogação da preventiva de dois acusados

Morto a paulada em Cajobi: Delegado pede revogação da preventiva de dois acusados

Na conclusão do inquérito que apura o homicídio praticado em Cajobi, o delegado Fernando Cezar Galleti, pediu a revogação da prisão preventiva contra dois acusados. Os lavradores Márcio de Brito Nunes, de 19 anos e Denivaldo Oliveira Machado, de 20 anos, assumiram a prática do assassinato de Dione Alves Ferreira, de 19 anos.

O inquérito foi remetido ontem, sexta-feira, dia 15, ao Fórum de Olímpia, on­de o juiz de direito E­duar­do Luiz de Abreu Costa de­verá decidir sobre a revogação ou não das preventivas. Quatro acusados continuam presos no CDP – Centro de Detenção Provisória de Icém. Apenas um menor de 17 anos está em liberdade.

A confissão de Márcio e Devanil aconteceu no início desta semana no CDP de Icém ao delegado Fernando Galleti. Már­cio contou que o motivo do crime foi um rádio que havia pego de Dione pelo fato dele não ter pago a sua parte no aluguel quando moravam juntos.

Explicou que, sábado, dia 9, Dione foi até a sua residência e exigiu o rádio de volta. Como ele, Már­cio, se recusou a entregar, Dione teria sacado uma faca e partido para cima dele. Garante que foi quando ele pegou um pedaço de pau e desferiu um golpe, mesmo assim, ainda correu para um pasto nas proximidades, tendo sido alcançado, e com a ajuda de Denivaldo que utilizava uma pá, executaram o crime.

Márcio e Denilvado afirmaram ao delegado que Vandeilton Felismino Brito, de 22 anos, Fagner Batista Nogueira, de 19 anos e o menor de 17 anos, não tiveram nenhuma participação no crime, pois eles somente queriam apartar e cessar as agressões.

Como se sabe, Vandeilton foi preso em flagrante e Fagner teve a preventiva decretada e foi encarcerado depois de se apresentar no meio desta semana no 1º Distrito Policial de Barretos. No entanto, agora, com a confissão dos dois, o delegado decidiu pedir a revogação da preventiva de Vandeilton e Fagner.

Todos os envolvidos neste assassinato (acusados e vítimas) são naturais da cidade de Carinhanha/BA e se mudaram para o bairro Eurovile em Cajobi, onde trabalham como lavradores. Dioni foi morto na noite de sábado, dia 9, com golpes de pau e pá.

iFolha
Jean Morelli

Apaixonado por notícias, filmes e séries. Sou blogueiro desde 2011, amante do jornalismo, flamenguista de coração e cajobiense desde sempre.

Postar um comentário
  • Blogger Comente usando Blogger
  • Facebook Comente usando Facebook
  • Disqus Comente usando Disqus

Nenhum comentário :


Política

[Politica][bleft]

Cidades

[Cidades][threecolumns]

Esporte

[Esporte][grids]

Geral

[Geral][bsummary]