Cajobi

[Cajobi][list]

Polícia

[Polícia][twocolumns]

Com 11 anos de idade, tenista de Cajobi chega ao seu 2º título no Paulista




Com 11 anos de idade, tenista de Cajobi chega  ao seu 2º título no Paulista
Rayssa Vitória e Douglas (organizador da Lamt em Franca)


A tenista juvenil Rayssa Vitória, 11 anos, de Cajobi e do Projeto Tênis do Monte Líbano, de São José do Rio Preto, conseguiu resultado importante neste último domingo (30), na etapa do Paulista em Franca, disputada na Lamt Tennis Academy. Na categoria 14 anos, Rayssa chegou ao seu segundo título de vice-campeã. Na final, a tenista que mora em Mirassol, foi derrotada no primeiro set por Sara Morais, por 6/4, venceu o segundo set por 6/3 e no tie-break acabou superada pela adversária por 10 a 5.

"Faltou pouco para vencer o jogo, mas a minha adversária tinha uma direita muito forte. Aprendi muito ao jogar com ela e espero sempre buscar a melhoria para os próximos torneios", disse Rayssa, que tem pela frente mais uma etapa do Circuito Paulista, desta vez, em São Carlos, no próximo sábado (06).

Em Franca, Rayssa estreou no sábado (29) com vitória sobre Pietra Ferreira, por 2 sets a 0, com duplo 6/0. Na segunda rodada, a tenista de Mirassol chegou a estar perdendo o primeiro set por 3 a 0 para a rio-pretense Emily Barbosa, também do Projeto do Monte Líbano, mas decretou a virada por 6/3 e venceu o segundo set por 6/0. "Fiz partidas muito boas e estou feliz com a minha crescente", disse Rayssa.

No ranking da Federação Paulista de Tênis, Rayssa Vitória aparece atualmente na 20ª colocação da 14 anos, com 510 pontos, mas depois do torneio de Franca deve ter uma melhora. Até então, a tenista de Mirassol disputado apenas um torneio no ano, ou seja, foi vice-campeã na etapa do início do mês de abril no Clube Monte Líbano, em Rio Preto.

Brasileiro


No ranking da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Rayssa Vitória subiu 34 posições. Ela deixou o posto de 91º para aparecer na 57ª posição do Brasil na categoria 12 anos, com 62,10 pontos. A crescente é resultado da participação dela na seletiva do Brasileiro, disputado no último final de semana, na Sociedade Hípica, em Campinas.

"Meu objetivo é chegar entre as 10 melhores tenistas de 12 anos até o final deste ano, além de participar do meu primeiro Sul-Americano (que será realizado em Santiago, no Chile, em novembro)", disse Rayssa.

Histórico

Nascida em Bebedouro, Rayssa viveu parte da infância na cidade de Cajobi (cerca de 10 mil habitantes) e São José do Rio Preto. Aos 6 anos iniciou as aulas de tênis na Academia Saviole, em Rio Preto, sob a supervisão do treinador Luizinho Saviole. Buscando um ritmo mais forte de preparação, Rayssa passou numa avaliação na iniciação do Projeto Tênis do Monte Líbano e foi aprovada em dezembro de 2014. Atualmente, ela integra o grupo de treinamento do projeto - que tem como treinadores Éder Barboza, Fernando Quintino e Wanderley Solidera -, além da coordenação de Guilherme Moreno e Mara Gomide. Em outubro de 2016, ela se mudou com a família para Mirassol.

"A mudança me aproximou ainda mais do Clube Monte Líbano e estou cada vez mais centrada em buscar objetivos maiores na minha vida. O esporte, principalmente o tênis é tudo para mim. Amo estudar e treinar", disse Rayssa, que é torcedor do Mirassol FC e fã do armador Xuxa, que deixou o Leão para defender a Ponte Preta.

A tenista Rayssa Vitória conta com os apoios do Instituto do Joelho RP, Master Hospitalar, Just Line, Shop Tênis, Academia Solo, Bebidas Poty, Iso Active e Sucos Dona Elza.
Jean Morelli

Apaixonado por notícias, filmes e séries. Sou blogueiro desde 2011, amante do jornalismo, flamenguista de coração e cajobiense desde sempre.

Postar um comentário
  • Blogger Comente usando Blogger
  • Facebook Comente usando Facebook
  • Disqus Comente usando Disqus

Nenhum comentário :


Política

[Politica][bleft]

Cidades

[Cidades][threecolumns]

Esporte

[Esporte][grids]

Geral

[Geral][bsummary]