Cajobi

[Cajobi][list]

Polícia

[Polícia][twocolumns]

Santa Casa de Cajobi esclarece o caso do certificado de filantropia

Santa Casa de Cajobi esclarece o caso do certificado de filantropia
Diretoria da Santa Casa da esquerda para direita: Fabio Rogerio de Moraes (Administrador), Ernesto Alves de Oliveira Filho (Presidente) e Armando Luis Caron (Provedor) // Foto: Jean Morelli

No dia 13 de abril de 2017 a Santa Casa de Misericórdia de Cajobi foi notificada pela Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde sobre a possível perda da renovação do certificado de entidade beneficente de assistência social, na área de Saúde.

Notificada, a Santa Casa de Cajobi entrou com recurso, prazo de 30 dias, e tem até o dia 12 de maio para se regularizar. Em uma conversa entre a nossa reportagem com a administração da Santa Casa, que é composta por Ernesto Alves de Oliveira Filho (Presidente), Armando Luis Caron (Provedor) e Fabio Rogerio de Moraes (Administrador), foi esclarecido o motivo da notificação da SAS.

Santa Casa de Cajobi esclarece o caso do certificado de filantropia

Como uma entidade filantrópica, instituição privada, sem fins lucrativos, que recebe isenção de impostos, que tem o pagamento de serviço de produção pagos pelo SUS, o atendimento na Santa Casa de Cajobi deve atender pelo menos 60% dos pacientes através do SUS e até 40 % destinados a convênios (Unimed, HB, etc). Esses dados são enviados via sistema digital para as regionais, as quais devem ser informadas sobre o número de atendimentos, em porcentagem, que a instituição recebeu naquele mês.

Em média, cerca de 99% dos atendimentos na Santa Casa de Misericórdia de Cajobi são feitos através do SUS e outros 1% feitos por convênios particulares. O erro, que é pequeno, vem acontecendo desde a administração passada (2011) da Santa Casa, que não preenchia a parte dos atendimentos do convênio, que às vezes chega a 0%. O problema começou, pois como a Santa Casa informava a porcentagem de atendimentos do SUS, assim se pensava que automaticamente não precisava informar o número de atendimentos feitos através do convênio. Isso por que se você informa que 99% foram pelo SUS, isso já indica que os outros 1% são por convênio.

O erro só foi visto agora pela SAS que no dia 13 abril notificou a Santa Casa para informar esses números que ficaram em brancos (mesmo se fosse 0% em convênio e a Santa Casa informar que foi 100% do SUS, a opção do convênio não poderia ficar em branco).

Em trabalho conjunto entre a Santa Casa e a Secretaria de Saúde de Cajobi, os dados já estão sendo preenchidos no sistema digital e com esforço esse pequeno problema será resolvido. A Santa Casa recebe um valor bem abaixo do que ela realmente precisa, por isso, o apoio da população em procurar respostas concretas é essencial para que a entidade não seja manchada e perca o apoio da comunidade.
Jean Morelli

Apaixonado por notícias, filmes e séries. Sou blogueiro desde 2011, amante do jornalismo, flamenguista de coração e cajobiense desde sempre.

Postar um comentário
  • Blogger Comente usando Blogger
  • Facebook Comente usando Facebook
  • Disqus Comente usando Disqus

Nenhum comentário :


Política

[Politica][bleft]

Cidades

[Cidades][threecolumns]

Esporte

[Esporte][grids]

Geral

[Geral][bsummary]