Breaking News

Main Ad

Número de grêmios na rede estadual chega a 90% após eleição unificada

Número de grêmios na rede estadual chega a 90% após eleição unificada

27/07/2016 | Por Jean Morelli

Os estudantes da rede estadual conquistaram ainda mais espaço na gestão democrática das escolas de São Paulo. Levantamento feito pela Secretaria da Educação do Estado mostra que o número de grêmios é hoje 45% maior em relação ao ano letivo de 2015. O aumento é, entre outros motivos, resultado do primeiro pleito unificado realizado em abril. De acordo com a pesquisa, 4.515 unidades têm representantes eleitos pela maioria e em voto direto.

O anúncio da eleição simultânea em todo o Estado foi feito pelo secretário José Renato Nalini na volta às aulas do primeiro semestre. Desde então, cada unidade teve autonomia para convocar a assembleia geral e elaborar o estatuto gremista. Também foi de responsabilidade das escolas acompanhar o processo de votação. O uso da tecnologia foi outro destaque: 25% aderiram aos meios digitais. Foram utilizados programas de computador, Google Drive e até urna eletrônica cedida por cartório eleitoral.

De acordo o estatuto escolar, as chapas devem ser formadas por representantes de cada ciclo atendido pela unidade: Fundamental Anos Iniciais e Finais; e/ou Médio. A orientação da Secretaria é que o grêmio elabore propostas, organize e sugira atividades para a escola. Além disso, as agremiações têm direito de participar da organização do calendário e devem articular e negociar os interesses junto à direção escolar.

“Promessas de campanha” começam a sair do papel
As novas chapas eleitas já começaram a colocar em prática boa parte das ‘promessas de campanha’. Os projetos vão desde ações de leitura, criação de uma rádio, até a construção de bicicletários. A orientação da Secretaria da Educação é que as propostas tenham espaço dentro das unidades e repercutam de forma positiva na rotina de estudantes e professores. Na zona norte da capital, por exemplo, os gremistas da Escola Estadual Ítalo Betarello criaram a Rádio Betarello. Além das músicas mais pedidas pelos estudantes, na programação também há dicas culturais, indicação de estudos para o Enem e até vagas de emprego.

Postar um comentário

0 Comentários