Breaking News

Main Ad

Acidente na BR-153 mata médica e jovem de 20 anos em São José do Rio Preto


Acidente na BR-153 mata médica e jovem de 20 anos em São José do Rio Preto

Uma médica de 26 anos morreu na madrugada desta segunda-feira, dia 18, no Hospital de Base de Rio Preto. A residente em anestesia Fábia Berganton Aleixo foi vítima de um acidente na BR-153 ocorrido por volta das 22h45 do domingo, dia 17.

Além dela, morreu ainda no mesmo acidente outro jovem de 20 anos. Os dois são vítimas de uma colisão frontal envolvendo um Corsa e um Hyundai HB20. Hiago dos Santos Barbosa, que dirigia o Corsa, morreu no local. A médica era passageira do HB20 e chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu no quilômetro 133 mais 800 metros. O Corsa seguia no sentido José Bonifácio a Lins quando bateu de frente com o HB20, que transitava no sentido oposto.

A motorista do HB20, Paula de Almeida Marques, 24 anos, e a outra passageira, Camila Zangrossi Tozatti, 25 anos, estão internadas no Hospital de Base.



Acidente na BR-153 mata médica e jovem de 20 anos em São José do Rio Preto
Hiago dos Santos Barbosa, 20, morreu após acidente na BR-153

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Paula está passando por cirurgia, ela fraturou braço e fêmur. Camila está em observação e o quadro de saúde dela é considerado estável. As duas são estudantes de medicina da Famerp.

Fábia, Paula e Camila, que trabalham em estudam em Rio Preto, tinham ido visitar os familiares no final de semana, que são de outras cidades.

O clima entre professores e estudantes do HB e da Famerp na manhã desta segunda-feira é de total consternação. Entre os colegas de trabalho, Fábia era vista como profissional dedicada e respeitosa com todos.

O corpo de Fábia estava previsto para chegar ao velócio municipal de Jundiaí, cidade onde mora os familiares, às 20 horas desta segunda-feira. O sepultamento está programado para ocorrer na terça-feira, 19, às 9 horas, no cemitério Parque dos Ipês.

Fonte: Tatiana Pires / diário da Região

Postar um comentário

0 Comentários