Breaking News

Main Ad

Escolas estaduais transformam carnaval em oportunidade de aprendizado




Unidades da Secretaria da Educação do Estado promovem atividades pedagógicas e culturais sobre a história da festa, além de desfile e baile com marchinhas



Escolas estaduais transformam carnaval em oportunidade de aprendizado

Os alunos da rede estadual de ensino encontram no carnaval uma oportunidade de aprendizado. As escolas estaduais são orientadas a abordar o tema nas mais diferentes disciplinas para passar os conhecimentos sobre a origem da festa, as manifestações culturais e as expressões artísticas.

Cada uma das 5 mil unidades de ensino pode utilizar seu espaço para definir as atividades carnavalescas ligadas ao currículo. Danças culturais e expressões artísticas como o Maculelê - dança típica afro-brasileira e indígena - e a Capoeira sempre são usadas pelos professores para resgatar a história do samba e movimentar os alunos. Além disso, o Portal da Educação -www.educacao.sp.gov.br - reuniu o passo a passo de professores da educação artísticas sobre como fazer máscaras com materiais recicláveis.

Veja mais aqui:

As orientações com sugestões de exercícios estão no currículo definido pela Coordenadora da Educação Básica (CGEB). Na Escola Estadual Brásilio Machado, localizada na Vila Madalena, por exemplo, os professores de português trabalharam com as classes dos anos iniciais textos sobre a história do carnaval e nesta sexta-feira, dia 13, realizam o "bailinho" com os trabalhos desenvolvidos pelas crianças. Em Mauá, na Grande São Paulo, os estudantes também vão fantasiados com as roupas confeccionas por eles. Em Araras, no interior paulista, a Escola Estadual José Ometto resgatou as marchinhas tradicionais para unir as gerações que já frequentaram a unidade.

"O carnaval pode ser utilizado ainda como tema das feiras culturais e eventos organizados pelas nossas escolas. As ações contribuem para tornar as unidades espaços de interação cultural e social, além de servirem para aproximar ainda mais a comunidade", afirma o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Mas o aprendizado não fica só na sala de aula. Os alunos da Escola Estadual Arthur Guimarães, localizada na região central da capital, vão participar do desfile do Bloco de Rua Emílias e Viscondes, organizado em parceria com a Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato. Na próxima sexta-feira (13), as crianças sairão da unidade com destino à biblioteca vestidos à caráter e cantando marchinhas de carnaval.

Postar um comentário

0 Comentários