Trote da Unifafibe acaba em confusão em Bebedouro

Novos alunos do Centro Universitário Unifafibe, em Bebedouro (SP), parecem ter sido mal recebidos pelos veteranos, na noite de segunda-feira (3). A Polícia Militar precisou conter um trote violento que acontecia do lado de fora do campus, segundo testemunhas. A confusão só terminou após a chegada dos policiais, que usaram bombas de efeito moral e balas de borracha para dispersar a multidão. Revoltadas com a repressão, muitas pessoas atiraram vários objetos contra a polícia, como garrafas de vidro, enquanto gritavam palavras de ordem.

Um dos calouros classifica o trote como "absurdo". "Deixaram meninas só de calcinha na calçada, subiram nos carros e amassaram tudo... A gente lá, trancado dentro da universidade, preso por quase uma hora, sem poder sair", relata o jovem. Uma veterana do curso de Direito, que estava no local, reclama da ação da Polícia Militar. "A polícia deu tiro de borracha em quem não fez nada. Algumas pessoas choraram e outras até desmaiaram com as bombas de efeito moral. Isso sim foi um absurdo", diz a aluna, contrariando o calouro. Ela enfatiza que se "um 'bixo' se dispõe a ir ao trote, ele sabe que será judiado".
A confusão aconteceu em frente a um bar, próximo ao centro universitário, onde alunos costumam se reunir durante o intervalo das aulas.

Um internauta que acompanhou o caso também comentou o ocorrido. "Nem todo mundo gosta de brincadeira, e você paga uma grana alta para ser desrespeitado e agirem como animal com você", lamentou.

Por Diego Souza
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Publicidade