Cajobi

[Cajobi][list]

Polícia

[Polícia][twocolumns]

Polícia Militar e Hospital de Câncer de Barretos levam prevenção a áreas rurais

Depois de consolidar-se na área assistencialista ao paciente, em 1994 o Hospital de Câncer de Barretos criou o Departamento de Prevenção para poder combater o câncer por meio do seu método mais eficaz. A intuito da criação era melhorar o diagnóstico precoce de câncer na região de Barretos, pois os casos que chegavam ao Hospital encontravam-se quase sempre em estágio avançado. A estratégia adotada consistia em uma busca ativa de mulheres para fazerem os exames preventivos de câncer em seus domicílios ou em locais próximos. O Hospital ia até a residência dessas mulheres, na periferia da cidade, para a realização de exames preventivos de colo uterino.

Neste processo foi fundamental a parceria estabelecida com a Patrulha Rural da Polícia Militar de Barretos para conseguir chegar até as regiões rurais, pois seu acesso direto a comunidade permite fazer o pré-cadastro das mulheres interessadas nos exames de preventivos de câncer de colo de útero e de mama - após essa ação os exames são realizados posteriormente no Instituto em um dia especial dedicado a elas. A ação também consiste em passar às mulheres informações sobre os exames preventivos de colo de útero ao abordar a importância e quais são requisitos necessários para fazê-los.

De acordo com o médico Edmundo Mauad, diretor do Instituto, a Patrulha Rural atua com grande participação e credibilidade nas comunidades rurais, onde há um número significativo de mulheres. “Nesse sentido, pedimos a ajuda para que eles orientem a população a fazerem os exames de prevenção, pois muitas vezes o que falta é informação. O pré-cadastro realizado in loco também facilita a vida dessas mulheres, já que às vezes elas se sentem desestimuladas devido à distância.”, comenta.

A iniciativa tem meta de atender 740 mulheres em 11 comunidades como sítios, lavouras, fazendas e distritos rurais – em três delas, a Polícia já finalizou o trabalho e faz o cadastro de aproximadamente 200 mulheres. “Com os programas de rastreamento e Prevenção conseguimos diagnosticar em 80% o câncer no início.”, completa.
Jean Morelli

Apaixonado por notícias, filmes e séries. Sou blogueiro desde 2011, amante do jornalismo, flamenguista de coração e cajobiense desde sempre.

Postar um comentário
  • Blogger Comente usando Blogger
  • Facebook Comente usando Facebook
  • Disqus Comente usando Disqus

Nenhum comentário :


Política

[Politica][bleft]

Cidades

[Cidades][threecolumns]

Esporte

[Esporte][grids]

Geral

[Geral][bsummary]