Breaking News

Main Ad

Gol pede reunião com a prefeitura de Barretos para tratar sobre os assuntos do aeroporto

A Gol Linhas Aéreas quer se reunir com a administração municipal para tratar de assuntos relacionados ao aeroporto de Barretos, Chefei Amsei. A notícia foi confirmada ontem pelo diretor municipal de Transportes Aéreos, Rodoviários e Ferroviários, Alex de Oliveira Nascimento. Outras empresas também fizeram contato, por hora apenas para consulta. A primeira empresa aérea a se interessar em implantar linha aérea em Barretos foi a Passaredo.

Segundo informou Alex Nascimento, “a Gol está pedindo há vários dias uma reunião em Barretos. Mas não antecipou o conteúdo desse encontro. Recentemente o Jornal Nacional (da Rede Globo) informou que a Gol não tinha interesse em implantar linha aérea aqui. Por isso hoje não sabemos qual a intenção deles com essa reunião que está sendo marcada para logo após a realização da Festa do Peão”.

A Passaredo, por sua vez, após a reunião que teve em Barretos, encaminhou uma carta de intenção com um laudo de vistoria.

Daesp comanda

Três funcionários do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) – autarquia do governo estadual que comandou o aeroporto de Barretos até julho deste ano – já trabalham no aeroporto e permanecerão pelas próximas duas semanas, durante a Festa do Peão, conforme já havia antecipado o Jornal de Barretos com exclusividade. Um quarto funcionário do Daesp também ainda será emprestado aos finais de semana. Até ontem o movimento ainda era tranqüilo no aeroporto, segundo Nascimento.

Com relação à estrutura do local, o diretor informou que “foi feita manutenção no balizamento noturno, já que pelo menos mais de 30% das lâmpadas da pista estavam queimadas. Acredito que ao iniciar o processo de municipalização, o Daesp já preferiu deixar a manutenção para que o município realizasse quando assumisse”, salientou.

Nascimento disse, ainda, que “há pelo menos oito anos a pista não passava por limpeza. Fizemos varredura e lavagem. Estava cheia de sujeira e pedriscos. O que era para ser gramado estava com mato alto. Aparamos tudo. Recuperamos os alambrados que cercam o aeroporto, que estavam estragados e abertos”, completou.

Fonte: Jornal de Barretos

Postar um comentário

0 Comentários