Breaking News

Main Ad

PM de Olímpia prende homem com 16 pedras de crack

Um homem de 35 anos foi preso pela Polícia Militar de Olímpia, na madrugada de ontem, quinta-feira (25), no bairro Santa Ifigênia, com 16 porções de crack, que pesaram seis gramas, além de R$ 210 em moeda corrente, três celulares e uma faca.

Porém, a PM, através dos policiais 2º sargento Otoniel e soldado Fábio, com apoio das guarnições com cabo Kleber Lima e soldados Adaor, Vicentini e Pedra, lavrou a ocorrência como tráfico de entorpecente, mas na Delegacia de Polícia Civil o delegado titular Marcelo Puppo de Paula, por telefone, livrou Wilson Roberto da Silva, morador naquele bairro, do tráfico, classificando a ocorrência apenas como porte de entorpecente.

Wilson foi liberado, apesar das 16 pedras de crack em seu poder, devendo responder em liberdade como porte. Para a PM, Wilson não soube esclarecer a origem dos R$ 210 e nem dos três aparelhos telefônicos – tudo lhe foi devolvido, exceto as 16 pedras de crack, revoltando os policiais militares.

Durante patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, a guarnição do sargento Otoniel e soldado Fábio receberam a denúncia de um morador inconformado com a venda de drogas através de Wilson Roberto, informando ainda que a negociação era no portão de sua casa. Daí, os policiais foram até o local, com apoio dos demais militares organizaram uma operação, e adentraram ao imóvel, surpreendendo Wilson Roberto tentando esconder um objeto em um dos bolsos de sua blusa: era um recipiente plástico contendo 16 pedras de crack, embrulhadas em papel alumínio, prontas para a venda (quem usa, não embala, segundo a PM).

No bolso da bermuda do homem, o dinheiro, na madrugada (2h25).

O boletim de ocorrência da PM consta que o delegado não estava presente, mas, por telefone, não ratificou a voz de prisão dos PMs quanto ao homem que, segundo denúncias, traficava no portão de sua casa, classificando a ocorrência apenas como porte das 16 pedras de crack.

Fonte: Leonardo Concon

Postar um comentário

0 Comentários